FPM 41

Lisboa — 2019

A ECS lançou-nos o desafio de resolver um problema urbanístico com várias décadas. Em 2013 iniciámos a nossa coloboração com o estudo de viabilidade urbanística, económico e comercial.

Seguiu-se um concurso de ideais de arquitetura para construção de uma torre de escritórios. Para além do edifício propriamente dito a intervenção envolveu o espaço exterior na envolvente.

O desafio foi a construção de um edifício intemporal, claro e flexível, onde a racionalidade construtiva, flexibilidade de organização, conforto ambiental e um bom desempenho energético fossem aspetos centrais no seu projeto.

Em 2018 concluímos o edifício com o handover aos inquilinos KPMG e PLMJ, e em 2019 fechámos o projeto com a venda à Deka Immobilien.

A Rockbuilding foi o “Gestor de Projeto” tendo integrado os seguintes serviços:

  • Value engineering
  • Gestão e controlo de custos
  • Procurement e gestão de contratos
  • Coordenação de projetistas
  • Coordenação de licenciamentos
  • Gestão e fiscalização de empreitada

Saiba mais

Principais intervenientes

Cliente:
Edifício 41 SA (grupo ECS Capital)

Arquitetura:
Barbas Lopes Arquitectos

Estrutura:
JSJ

Engenharias:
EACE

Empreiteiro:
MOTA-ENGIL / CASAIS

Programa

21.500m²

Escritórios

1.200m²

Retail

236

Parque

20.000m²

Infraestruturas

Números

40M €

Hard costs

91%

GLA/GCA Efficiency

27 meses

Construção

Outros

Flexibilidade

1 a 4 Unidades
212 a 1199 m²

Inquilinos

KPMG
PLMJ

Sustentabilidade

LEED Gold Grade A

Prémios

2 Prémios

De Melhor Edificio de Escritórios do ano 2019 (revista construir e magazine imobiliário)